Notícia Completa
Data de Publicação: 14/10/2011
Título: ESCRITÓRIO
Categoria: Dicas
Descrição:
Mensagem:
                                            MDF a madeira ecologicamente correta.


Medium-density
fiberboard
é
um material derivado da madeira e é internacionalmente conhecido por
MDF. Em português a designação correcta é placa de fibra de madeira de
média densidade.


O MDF é fabricado através da aglutinação de fibras de madeira com
resinas sintéticas e outros aditivos. O material é moldado em painéis lisos
sob alta temperatura e pressão. Para a obtenção das fibras, a madeira é cortada
em pequenos cavacos que, em seguida, são triturados por equipamentos
denominados desfibradores.



O MDF possui consistência e algumas características mecânicas que se aproximam
às da madeira maciça. A maioria de seus parâmetros físicos de resistência
são superiores aos da madeira aglomerada (MDP), caracterizando-se, também,
por possuir boa estabilidade dimensional e grande capacidade de usinagem.



A homogeneidade proporcionada pela distribuição uniforme das fibras possibilita
ao MDF acabamentos do tipo envernizado, pinturas em geral ou revestimentos com
papéis decorativos, lâminas de madeira ou PVC. Podem também ser
executadas junções com vantagens em relação à madeira natural, já que não
possui nós, veios reversos e imperfeições típicas do produto natural. É um
material com várias aplicações e substitui com vantagens o aglomerado (MDP) e a
própria madeira em muitas delas.



As espessuras das chapas variam de 3 mm até 60 mm, sendo as mais grossas
utilizadas em elementos estruturais ou decorativos de arquitetura e móveis (pés
torneados para mesas, por exemplo).



Usos e aplicações



A principal matéria-prima utilizada pelas fábricas de MDF é a madeira de
reflorestamento. No Brasil, esta é obtida a partir de plantações, utilizando-se
espécies selecionadas de pinheiros em função do melhor rendimento
agro-industrial. Além desse aspecto, as fibras de pinus proporcionam uma chapa
de cor clara, mais valorizada pelo mercado.



Os painéis reconstituídos de madeira surgem como alternativa ao uso de
madeiras maciças, que entraram em regime de restrição na metade do século
passado por esgotamento ou limitações ambientais. 
SITUAÇÃO: Ativo
Fonte:
Imagem